Qual a Melhor Carne para Fazer na Panela?

A carne de panela é um prato apetitoso, fácil de preparar e muito prático. Ela pode ser cozida em uma panela de pressão, em pouco tempo, e possui um sabor e aroma muito agradável. Iremos tratar neste artigo qual a melhor carne para fazer na panela, para que você possa compor uma refeição saborosa para toda a família.

Uma boa carne de panela pode ser feita com vários tipos de carne, além de ter como acompanhamento temperos, complementos e ingredientes diferenciados. É um prato bastante flexível, que permite usar e abusar da criatividade.

Qual a melhor carne para fazer na panela?

Primeiramente é necessário escolher o tipo de carne a ser utilizada na preparação do prato. Um filé mignon, por exemplo, pode ter como acompanhamento um purê de batatas cremoso. Legumes e verduras também podem acompanhar a refeição, além de feijão, arroz e farofa. 

Afinal, qual a melhor carne para fazer na panela?

Com a panela de pressão, é possível cozinhar quase todos os tipos de cortes. No entanto, as peças de carnes possuem características distintas. Algumas são mais fibrosas, tem bastante gordura, outras mais macias, magras e com um sabor marcante.

Podemos observar que algumas carnes possuem um ótimo custo benefício, visto que são mais baratas e tem um ótimo gosto. A melhor carne de panela é aquela em que o preparo é rápido, prático, tem um sabor delicioso e não custa muito caro. 

O sabor de cada uma é característico, assim como seu aroma e textura, portanto, a melhor carne de panela varia com o gosto da pessoa. Podemos destacar o filé mignon, por ser um corte sofisticado, porém mais caro.

Alguns cortes de carne são considerados ideais para o cozimento na panela de pressão. Podemos destacar o pescoço, acém, braço, peito, lagarto e ossobuco. Quando essas peças estão moles, tornam-se saborosas e suculentas. 

Com um bom acompanhamento, como verduras, legumes, temperos corretos, mais uma boa panela de pressão, é possível criar pratos deliciosos com a carne de sua preferência. Portanto, com muita criatividade e atenção, pode-se cozinhar com muito sabor.

Qual carne de panela é macia?

Acém

O acém é considerado o corte bovino mais macio. É um pedaço da parte dianteira do boi. Com ele é possível fazer ensopados, assados, picadinhos, cozidos, carne moída, refogado, bife de panela, entre outros.

Este corte é uma preferência nacional, é uma carne fibrosa com baixo teor de gordura. Além disso, a peça tem muito colágeno, ao ser cozida na panela de pressão, ele se incorpora na carne, além de tornar o molho mais espesso.

O prato, no entanto, não é tão simples de ser feito. Deve-se ter cuidado no preparo ao cortar os cubos de carne, à temperatura do fogo, quantidade de água e no tempo de cozimento. Feio com atenção, o prato fica ótimo.

Um erro no preparo do acém, pode fazer com que a carne fique muito mole, ela pode perder a sua estrutura. Além disso, ela acaba por se incorporar ao molho. O gosto não fica ruim, mas o prato fica inconsistente, sem textura.

Filé Mignon

Este é considerado o supra sumo das carnes macias. O filé mignon tem seu corte próximo ao contrafilé, que é considerada a parte mais nobre da área. Ele possui uma textura característica, tem pouca gordura e bastante fibra.

Por ser localizado na parte traseira do animal, que é uma região de pouco movimento, a carne é mais delicada. A peça tem cerca de dois quilos, é magra, sem nervos e é bastante irrigada.  

Uma receita bastante conhecida é a do filé mignon ao molho madeira. A carne fica saborosa, macia e suculenta. Com alho, cebola, molho madeira e champignon, é possível preparar esta refeição em pouco tempo.

Como amaciar a carne de panela  

Uma carne macia é essencial para o preparo de um prato saboroso. No entanto, alguns cortes ficam duros no cozimento. Para tornar a carne mais delicada, algumas ações podem ser feitas:

  • Despeje um pouco de bicarbonato de sódio na carne e espere por duas horas. Lave a peça com água corrente e acrescente o tempero.
  • Marine por duas horas com uma mistura de azeite e vinagre.
  • Marine a carne com cerveja ou vinho.
  • Esprema suco de limão sobre a carne e esfregue-o sobre a peça, deixe marinar por um tempo.

Dicas para cozinhar com panela de pressão

Antes de adquirir a sua panela, verifique se ela tem o selo do Inmetro. Dessa maneira você terá uma garantia da qualidade e da procedência do equipamento. Confira a borracha e as válvulas da tampa da panela. 

Além disso, é indicado que você utilize apenas ¾ da capacidade da panela com alimentos e água. Durante o cozimento, não mexa na panela de pressão. Observe se a válvula solta vapor depois de pegar pressão. Após o fim do cozimento, espere a panela eliminar a exalação sozinha.

Quais são os tipos de carnes?

Acém

Este corte é bastante macio, é encontrado na parte dianteira do boi. Com ele é possível fazer picadinhos, cozidos, assados, refogados, bife de panela, carne moída, entre outros. É uma peça com bastante colágeno, ao ser cozido, ele derrete e forma uma gelatina, umedecendo a carne.

Para preparar um delicioso prato com o Acém, é preciso certos cuidados. Deve-se cozinhá-lo em fogo baixo, sem líquido. Pode-se acrescentar acompanhamentos como cebola,  tomate, pimenta do reino, colorau, salsinha, azeite e sal. Além do delicioso sabor, o acém tem um ótimo preço.

Músculo

Também conhecido como braço, o músculo é parecido com o acém. Ele se diferencia por sua maciez e deve ser preparado com muito caldo. O corte possui pouca gordura e muito colágeno. É uma carne adorada por fisiculturistas.

Os cortes encontrados no mercado são da parte traseira e dianteira do boi. A carne cozida na panela é deliciosa, tem um sabor incrível. É uma carne barata. No preparo do prato, o músculo pode ser cortado em cubos, com cebola e tomates fatiados, alho picado, sal grosso, mostarda e shoyu. Fica bastante saboroso.

Costela

A costela é um corte tradicional nas cozinhas brasileiras, sendo muito comum o cozimento da carne na panela de pressão. Ela tem ossos grandes e largos. A peça possui uma grande variedade de aromas, texturas e sabores.

Existem no mercado diferentes tipos de costela. Podemos destacar a costela janela, janelão, minga, ripa, em tiras, minga porcionada, entre outras. Para escolher uma boa peça, observe a sua cor, tamanho dos ossos, odor e a elasticidade.

Fraldinha

Também conhecida como aba de filé, a fraldinha é a ponta da carne no corte de costela minga. Ela possui feixes musculares grossos e longos. Pode-se fazer pratos deliciosos com a fraldinha, como ensopados, picados, cozidos, carne moída, etc.

O corte é bastante versátil. Na panela de pressão ela pode vir acompanhada de cebola, temperada a sal, pimenta do reino, preta moída, pimenta calabresa. Deve ser cozida ao fogo baixo por cerca de 30 minutos.

Paleta   

Este corte é considerado o lagarto dianteiro. Com mais músculos que o acém, a paleta tem um pouco de gordura em seu interior que traz um grande sabor à carne. Ela deve ser bem cozida e pode ser utilizada em cozidos, ensopados e molhos.

É um corte de baixo custo, possui fibras longas e é muito saborosa. Ela é uma carne mais dura e deve ter um tempo maior de cozimento. pode-se utilizá-la em pratos simples, acompanhada de cebola e refeições mais sofisticadas deixando-a cozinhar embebida ao vinho.

Quais cortes de carne devo escolher para fazer uma boa carne de panela?

Para fazer uma carne de panela é preciso adquirir uma peça bovina e cortá-la em pedaços médios. A carne é cozida e pode ser acompanhada de legumes e verduras, como batata, cenoura, macaxeira, cebola, entre outros.

Para escolher um bom corte é preciso ficar atento às suas características como a maciez, percentual de gordura, fibras, sabor e preço. Os cortes analisados neste artigo são exemplos de boas peças para se fazer uma carne de panela.  

Os cortes mais baratos de uma carne de panela são o acém, a costela, a paleta e o músculo. Eles são muito saborosos e podem constituir um prato de alta qualidade, prático e feito em pouco tempo. Eles têm um preço mais em conta e um ótimo paladar.

O acém e o filé mignon são cortes macios e, portanto, são muito procurados no mercado. Além disso, possuem um ótimo sabor e com os devidos acompanhamentos, podem compor um delicioso prato. 

O corte certo para a sua carne de panela depende muito de suas necessidades. A panela de pressão cozinha os alimentos em uma grande rapidez, portanto, é ideal para quem tem uma vida corrida. Além disso, é possível preparar uma grande quantidade de alimentos, sendo muito útil para almoços e jantares em família.

Conclusão

A carne de panela é deliciosa e deve ser feita com bastante cuidado. É um prato muito saboroso, especialmente se vier com os acompanhamentos e temperos certos. Use e abuse da criatividade, escolha a peça que você mais gosta e crie a refeição ideal para a sua família. 

Você pode gostar também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.