As 10 Melhores Cervejas em 2021

O crescimento do conceito e popularidade da cerveja em todo o mundo, o que acontece também aqui no Brasil, tem como consequência o aumento da exigência do público consumidor.

Foi isso que nos motivou a criar essa incrível lista com as 10 melhores cervejas do mercado em 2021.

Especialmente em um país tropical como o nosso, as cervejas tendem a ganhar cada vez mais público e como consequência, a disponibilidade de boas marcas é cada vez maior. 

Assim sendo, fazer um trabalho de pesquisa que permita conhecer as diversas opções disponíveis, é cada vez mais importante.

Melhores cervejas para comprar online

Veja a lista das 10 mais, com um detalhamento de cada uma a seguir: 

1. Fuller’s London Pride 500ml 

Cerveja Fuller’s London Pride 500ml

Com 4,7% de teor alcoólico, a cerveja mais famosa da fabricante londrina Fuller é uma cerveja icônica, que reúne uma verdadeira nação de admiradores da bebida, tendo se tornado uma referência mundial no seu estilo. 

Fabricada em Londres desde 1950, quando teve seu nome escolhido pela população londrina em uma pesquisa, essa preciosidade traz um gosto pronunciado de malte, juntamente com um amargor limpo e o que podemos chamar de um final seco. 

2. Duvel 330ml 

Cerveja Duvel 330ml

Essa forte cerveja belga com teor alcoólico de 8,5%, tem sabor inconfundível, tendo se tornado uma referência entre as cervejas mais fortes.

Com uma intensa cor amarela e espuma densa, a Duvel contrasta um sabor complexo e seu teor alcoólico elevado com a facilidade de beber. 

O nome Duvel significa “diabo” na língua flamenga e está ligado ao forte processo de fermentação, ao qual se misturam ao perfume do lúpulo e pequenos toques frutados. 

3. Heineken 600ml

Cerveja Heineken 600ml

Uma das marcas mais fortes em todo o mundo, presente em cerca de 180 países, a Heineken já fez campanhas publicitárias que marcaram época. 

Com teor alcóolico de 5,0%, essa maravilha é fabricada na Holanda desde 1864, tendo chegado ao Brasil em 2010 e se instalado definitivamente em 2017, quando a fabricante original comprou a cervejaria Brasil Kirin. 

Sua principal característica é um longo processo de fermentação em baixas temperaturas, o que lhe confere um sabor peculiar que vem agradando cada vez maior número de brasileiros.

4. Vedett Extra White Long Neck 330ml 

Cerveja Vedett Extra White Long Neck 330ml

De cor dourada, com um fator que agrada muitas pessoas, uma ótima formação de espuma, essa cerveja belga com teor alcoólico abaixo de 2,7% se caracteriza pela leveza, refrescância e por ser agradabilíssima para beber. 

Em inglês, a palavra usada para descrever essa facilidade para beber é drinkability. 

A Vedett equilibra de forma suave o malte e o lúpulo com um persistente sabor frutado ao qual se acrescentam sutis notas de baunilha. 

5. Kriek Boon 375ml 

Cerveja Kriek Boon 375ml

Com 6,5% de teor alcoólico, essa cerveja Lambic traz a cor avermelhada em razão das cerejas, que lhe conferem um sabor agridoce peculiar e inesquecível. 

Mistura misteriosa de cerveja com fermentação nova e envelhecida em barris de carvalho, a Kriek Boon não tem corantes ou aromatizantes artificiais em sua composição: as cerejas in natura são adicionadas em uma segunda fermentação, resultando em sabor único. 

O processo complexo de refermentação e adição de cerejas tornam essa cerveja muito atraente para quem quer conhecer sabores diversos dessa incrível bebida. 

6. Trapista Chimay Red Cap 330ml

Cerveja Trapista Chimay Red Cap 330ml

Com graduação de 7,0%, a Chimay Red é um dos grandes destaques do seu estilo, denominado trapista por ter sua origem ligada aos monges da Ordem Trapista, cujo nome tem origem no mosteiro de Notre-Dame de La Trappe. 

Cerveja trapista mais vendida em todo o mundo, a Chimay é produzida na Abadia de Scourmont, localizada na cidade de mesmo nome na Bélgica.

Embora hoje sua produção conte com cerca de 100 funcionários, ela ainda é supervisionada por monges, que destinam o lucro de sua produção a instituições filantrópicas.

7. Chouffe Houblon Long Neck 330 ml

Cerveja Chouffe Houblon Long Neck 330 ml

Aromatiza com 3 variedades de lúpulo, essa IPA – Indian Pale Ale – belga com 9,0% de graduação alcóolica se distingue por combinar um amargor pronunciado porém suavizado por sabores frutados.

Com aroma e sabor agressivos, essa cerveja traz uma cor dourada clara e espuma não muito persistente, agradando muitas pessoas ao redor do mundo. 

8. Fullers Organic Honey 500ml

Cerveja Fullers Organic Honey 500ml

Essa inglesinha com 5,0% de teor alcoólico, como o próprio nome diz, tem como principal característica o sabor do mel, esplendidamente balanceado para não tornar a bebida muito doce e enjoativa, mas com um leve toque de doçura. 

Para quem quer se tornar um conhecedor de cervejas, essa é uma opção praticamente obrigatória, pela sua originalidade. 

9. Kit Cervejas Colorado Ribeirão, Appia, Cauim, Indica

Kit Cervejas Colorado Ribeirão, Appia, Cauim, Indica

Não poderia faltar na nossa lista essas incríveis cervejas brasileiras, cuja fabricação começou em 1996 na cidade paulista de Ribeirão Preto, mas que depois de diversos prêmios mundiais alcança hoje muitos países, com grande sucesso.

Desde sua criação a fabricante valoriza muito ingredientes tipicamente brasileiros em sua composição e apoia micro produtores da região, que fornecem insumos para a produção. 

A venda em kits tem se mostrado uma ótima opção, permitindo que as pessoas conheçam algumas de suas marcas ao adquirir o pacote. 

10. Fuller’s London Black Cab Stout 500 ml

Cerveja Fuller’s London Black Cab Stout 500 ml

Muito tradicional entre os britânicos, com uma fábrica bem próxima do Rio Tâmisa remete ao tempo que as cervejas pretas eram as preferidas pelo povo do Reino Unido.

Com sabor rico e completo, ela mistura maltes de chocolate, criando um amargor próprio e muito satisfatório para uma verdadeira Stout. 

Como escolher a melhor cerveja 

Para quem gosta de cerveja, não é muito simples escolher a melhor, mas existem alguns parâmetros que com certeza podem auxiliar, como o gosto, a sensação que ela dá na boca – algo como a textura dos alimentos, aroma e aparência, entre outros.

É claro que você pode considerar também que existe um tipo de cerveja para cada momento, que vão desde aqueles de maior expansão com os amigos até o outro extremo, um momento de introspecção quando estiver só em casa relaxando.

No caso de acompanhar uma refeição, você pode considerar também o tipo de prato que será servido: provavelmente você irá considerar que há uma cerveja melhor para acompanhar uma carne vermelha, outra para frutos do mar, outra para massas e assim por diante. 

Características das cervejas 

Em todo o mundo, são 3 as características mais destacadas pelos apreciadores das cervejas, em qualquer avaliação que se faça: 

Refrescância 

Não restam dúvidas que uma das características que mais agrada nas cervejas é sua capacidade de refrescar e isto se deve principalmente ao malte de cevada, ingrediente básico na composição de todas as cervejas.

Por razões óbvias, essa é uma característica valorizada em países de clima quente, como o nosso, mas de forma geral a refrescância agrada em todo o mundo. 

Corpo 

É bastante usual se referir às cervejas como “encorpadas”, sendo que o oposto seriam as chamadas cervejas “aguadas”, adjetivo também muito utilizado para defini-las.

Isso diz respeito à sensação causada na boca quando a cerveja é ingerida – podemos aqui fazer uma analogia com a textura dos alimentos. 

As cervejas mais encorpadas dão uma sensação maior de preenchimento e podem também ser descritas como densas, licorosas ou aveludadas. 

De uma forma geral, porém não obrigatoriamente, as cervejas comerciais são menos encorpadas que as artesanais. 

Amargor 

Essa é talvez a característica mais importante das cervejas, tanto que sua intensidade tem uma medida, que embora seja utilizada em outras bebidas, é muito mais popular entre as cervejas.

Trata-se do IBU, sigla para International Bitterness Units, ou seja, a unidade para medir a intensidade do amargor das cervejas. 

Enquanto as cervejas menos amargas trazem um IBU entre 6 e 8, as mais amargas chegam a apresentar até 71 dessa importante medida! 

Graduação alcoólica 

É uma característica muito importante nas cervejas, que certamente definirá sua aderência a determinados grupos de pessoas, que gostam de consumir maior ou menor quantidade de álcool.

Sua importância pode ser verificada com a presença da informação em todos os rótulos. 

Principais estilos de cerveja 

Cervejas de Trigo 

Versáteis e saborosas, as cervejas de trigo algumas vezes trazem também a cevada em pequenas quantidades na sua composição.

Elas variam muito com o tipo de fermentação, mas de forma geral, são mais refrescantes e amargas, sendo por isso apreciadas em lugares como o Brasil, de clima quente.

Outra característica das cervejas de trigo é que, pelo fato de muitas vezes elas não serem filtradas, apresentam uma coloração opaca e densa, mas na opção de serem filtradas, sua coloração passa então a ser normal e límpida. 

Podemos citar alguns subtipos de cerveja de trigo: Weissbier, Leichtes Weizen, Bernsteinfarbenes Weizen, Weizenbock, American Wheat Beer. 

Embora as diferenças entre esses estilos não sejam impactantes, você pode preferir algumas delas para cada ocasião, ou para harmonizar com algum tipo de petisco ou refeição. 

Uma característica especial das cervejas de trigo é que elas têm a capacidade de reduzir a inflamação muscular e aumentar a saúde respiratória: não se surpreenda se um dia desses ver um corredor bebendo uma delas na metade do caminho. 

Cervejas Pilsen e American Lager 

São as cervejas mais consumidas no Brasil, mas existe uma pequena confusão, uma vez que aqui todas são conhecidas como Pilsen – nome abrasileirado, originalmente Pilsner –, embora exista uma pequena diferenciação.

Com sabor acentuado pelo lúpulo, as cervejas Pilsen apresentam uma cor dourada e cristalina, sabor um pouco amargo e são normalmente de baixo teor alcoólico. 

As American Lager, embora sejam bastante parecidas, se diferenciam por um suave aroma de cereais e são as mais populares no Brasil, sendo produzidas em marcas muito populares, como Skol, Brahma e Kaiser. 

Como dissemos anteriormente, elas são vendidas como Pilsen e isto se deve, basicamente, à maior aceitação do nome pelo público consumidor. 

Cervejas Indian Pale Ale

Conhecidas também como cervejas IPA, o que é simplesmente a sigla para o seu nome, essas cervejas têm um teor alcoólico maior, assim como maior carga de lúpulos, o que é atribuído, embora alguns considerem isso uma lenda, à necessidade original de enviar cervejas de Londres para a Índia, o que garantia que o precioso líquido não seria contaminado.

Aromáticas e amargas, algumas vezes referidas até como ásperas, o que ninguém duvida é que as IPA têm se tornado cada vez mais populares, o que tem feito com que diversos estilos ou subdivisões sejam lançadas com frequência.

Entre alguns desses estilos podemos citar British, West Coast, New England, East Coast, Belgian, e a interessante Milkshake IPA, assim chamada pelo sabor adocicado que a lactose adiciona a esse estilo, sendo comum encontrar ainda a adição do sabor baunilha. 

Cervejas Porter e Stout 

Essas duas categorias de cerveja, conhecidas simplesmente como cervejas pretas, possuem diferenças sutis, o que faz com que muitas vezes sejam confundidas. 

A dificuldade aumenta à medida que surgiram diversos sub estilos dessas categorias, mas de forma geral as Porter são mais leves tanto na cor quanto no teor alcoólico, enquanto as Stouts, que na verdade surgiram originalmente como uma variação das Porter, se apresentam mais fortes, torradas e queimadas. 

O malte torrado das Stouts remete a aromas e sabores de café, enquanto nas Porter, pelo fato do torrado ser mais sutil, pode nos remeter a sabores mais adocicados, como o caramelo e o chocolate.

Independente dessas sutis diferenças, esses dois estilos são sensacionais e merecem, com certeza, fazer parte das preferidas dos amantes da bebida. 

Cervejas Lambic 

Existe uma dúvida em relação ao nome das cervejas Lambic, que são mais antigas do mundo, tendo sido fabricadas inicialmente no século 13.

Alguns atribuem seu nome por ter sido originada na cidade de Lambeek, na Bélgica, mas outros fazem uma conexão com a palavra “allambique”. 

Na sua origem, a grande característica das cervejas Lambic é que elas eram fermentadas naturalmente, até porque naquele tempo o homem ainda não conhecia o uso das leveduras para auxiliar no processo de fermentação. 

Hoje, as leveduras são utilizadas, mas o envelhecimento em tonéis torna essa cerveja bem peculiar, podendo trazer à lembrança o gosto das sidras.

Elas são mais raras em todo o mundo, mas alguns fabricantes belgas, com intuito de torná-las mais agradáveis ao público, criaram subtipos que equilibram a acidez natural com sabores e aromas complexos, algumas vezes até com a adição de frutas. 

Podemos citar como subtipos das cervejas Lambic, as Gueuze e as Fruit Lambic. 

Perguntas frequentes

Cerveja artesanal é boa? 

O valor das cervejas artesanais pode ser facilmente medido pelo aumento de popularidade que as melhores marcas estão alcançando nos últimos anos. Não fosse pela alta qualidade que diversas delas apresentam, isso certamente não aconteceria. 

Quais as melhores cervejas nacionais? 

A Colorado é a fabricante nacional com maior número de premiações em nível internacional, mas alguns exemplares de fábricas e marcas mais convencionais, como Brahma e Bohemia também recebem reconhecimento em diversos países ao redor do mundo. 

Qual a melhor marca de cerveja? 

Existem milhares de listas das melhores cervejas, as mais vendidas, mas é impressionante a presença constante da Heineken em todas elas. Com predominância no mercado europeu, a marca alcança cerca de 180 países em todo o mundo. 

Quais as melhores cervejas boas e baratas? 

Combinar bom preço e qualidade não é uma tarefa fácil, mas em geral, alguns exemplares de boa qualidade fabricados por empresas mais populares, como a Brahma, conseguem uma escala de venda que permite que seu preço fique mais acessível. 

Quais as melhores cervejas importadas? 

Pela tradição e qualidade, as cervejas da londrina Fuller merecem um destaque entre as importadas, embora todas as importadas que são citadas nessa lista das 10 melhores cervejas em 2021 são de alta qualidade e merecem ser degustadas por quem admira a bebida. 

Quais os melhores tipos de cervejas? 

De forma geral, as Pilsen e American Lager são as preferidas do grande público, mas os 5 tipos citados por nós são admirados em todo o mundo e precisam ser provados por todos que querem conhecer melhor essa bebida milenar. 

Qual a melhor cerveja puro malte?

Fabricadas com cereais não maltados, essas cervejas estão ganhando grande popularidade recentemente e são ideais para quem procura sabores mais intensos. Aqui, mais uma vez podemos destacar a Heineken e a Bohemia. 

Conclusão: qual a melhor cerveja 

Embora seja uma tarefa árdua escolher a melhor entre essas 10 cervejas da nossa lista, não queremos ficar em cima do muro: por diversas razões citadas ao longo do post, ficamos com a Heineken

Certamente não é por acaso que a marca tem um crescimento gigante em todo o mundo, de forma especial no mercado brasileiro.

Esperamos que tenha gostado da nossa lista das 10 melhores cervejas para comprar em 2021 e desejamos que tenha oportunidade de saborear cada uma delas! 

No mais, saúde!

Você pode gostar também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *