Cadastro Newsletter
Busca
PUBLICIDADE
Prêmio CP - 29/09/2016
02/07/2012 - 13h35
Santos é escola de classificação de grãos de café para os japoneses
O Brasil foi o grande incentivador da bebida no país oriental, onde tradicionalmente se bebe chá.


O coordenador da Câmara Setorial de Exportadores de Café da Associação Comercial de Santos (ACS), John Wolthers, afirma que “Santos é escola de classificação de grãos de café para os japoneses”. Ele se refere à presença de 11 japoneses – e 4 brasileiros – no 51.º Curso de Classificação e Degustação de Café que a ACS iniciará na segunda-feira, 2 de julho de 2012, e terminará em 26 de julho.

Wolthers acredita que o interesse dos japoneses se refere ao fato de que o Brasil foi o grande incentivador da bebida no país oriental, onde tradicionalmente se bebe chá. “Os cafés brasileiros são a base dos blends japoneses e Santos, por meio da Associação Comercial, é a grande escola de classificação dos grãos de café. Outro fator importante é o alto grau de reconhecimento de nossos professores, que conseguem passar aos alunos não somente a parte técnica, como é feito o produto, mas também transmitem paixão e sinceridade”, declara.

O Curso de Café da Associação Comercial de Santos tem o objetivo de formar profissionais capazes de identificar as características do produto, atender às exigências do mercado e criar oportunidades de negócios. Desde 1989, mais de 700 alunos foram habilitados técnicos.

Wolthers explica que, a partir de agora, será apresentada aos alunos uma seleção de fotografias de edições anteriores do curso. “Isso é importante, principalmente, para os alunos estrangeiros, para que saibam o que esperar em termos de aprendizado ‘in loco’, assim como para as aulas práticas”, comenta.

O curso tem cinco edições por ano, em março, maio, julho, setembro e novembro. A edição de julho conta tradicionalmente com a presença de japoneses

As aulas, ministradas pelos professores Davi Teixeira e Nilton Ribeiro, têm supervisão do presidente da Associação Comercial de Santos, Michael Timm, e do coordenador da Câmara Setorial de Exportadores de Café, John Olav Wolthers. A 51.ª turma do curso contará com tradução de Sayoko Nakai.

Durante quatro semanas, os alunos se reunirão por duas horas diárias para aprender teoria e prática sobre a história do café, produção, armazenagem, aspectos econômicos nacionais e internacionais, legislação, tecnologia, fiscalização, identificação de grãos, prova da bebida e desenvolvimento de blends (mistura de grãos de espécies ou qualidades diferentes).

Os participantes terão aulas teóricas na Sala de Classificação e Prova de Café da Associação Comercial de Santos, palestras ministradas por especialistas e farão uma visita a uma fazenda de café e a um terminal de embarque do produto no Porto de Santos.

Para participar é preciso ter 18 anos, cópia do diploma ou certificado de conclusão do Ensino Médio ou equivalente, atestado de sanidade bucal emitido por profissional habilitado e cópia da carteira de identidade (RG) ou passaporte.

Ao final do curso, os alunos que tiverem frequência mínima de 80% e com bom desempenho nas aulas, recebem certificado e carteira de classificador, além de uma colher de prova de café. A solenidade de formatura será no dia 26 de julho, às 17h30.

Mais informações podem ser obtidas na Associação Comercial de Santos, pelo telefone (13) 3212-8200, ramal 220, e-mail: acs@acs.org.br

Fonte: UOL - 01/07/2012

Editora Nova Gestão Ltda. | Tels.: (11) 3562-3166 | (11) 3562-3170


Site desenvolvido por Lucia Cavalcanti