Cadastro Newsletter
Busca
PUBLICIDADE
Prêmio CP - 29/09/2016
Divulgação
03/08/2011 - 10h57
Cardápio lucrativo e ação social
Cozinha Profissional e ONG Banco de Alimentos juntas em uma campanha para aproveitar melhor o alimento.



No Brasil, aproximadamente 31% das despesas totais com alimentação são gastas fora de casa. Para se ter uma ideia, 100 milhões de refeições são servidas diariamente no setor de alimentação fora do lar. É um segmento que cresce três vezes mais que a média do PIB (Produto Interno Bruno) nacional.

E por qual razão mostramos esses números? O que muitas pessoas não sabem é que, paralelamente ao setor, cresce o número de alimentos desperdiçados no país. Segundo dados da ONU, produzimos cerca de 26% a mais de alimentos do que necessitamos. E no setor food service, por uma administração errada ou por falta de capacitação de nossos profissionais, jogamos fora alimentos que muitas vezes podem ser usados dentro do próprio estabelecimento.

Sabemos que a doação de alimentos utilizados em casas comerciais é proibida, porém você já parou para pensar que podemos usar partes desses mesmos alimentos para lucrar em nosso cardápio?

Projeto

Em 2009, a revista Cozinha Profissional foi convidada para conhecer o magnífico trabalho da ONG Banco de Alimentos. Na ocasião, descobrimos que era possível utilizar as partes não convencionais dos alimentos, que são exatamente os talos, folhas, cascas, entrecascas e sementes, para criar pratos e bebidas deliciosas. Anualmente, a ONG reúne alguns estabelecimentos para oferecer aos seus clientes ótimas sugestões de pratos que aproveitam as partes que seriam jogadas fora. Além de evitar o desperdício com a eliminação desses insumos, os estabelecimentos passaram a lucrar com essas atitudes. “Práticas sustentáveis em restaurantes, como o aproveitamento integral dos alimentos, se tratam de uma tendência, que se mostra simbiótica, visto que traz benefícios ao meio ambiente, à sociedade e ao próprio estabelecimento, dentre eles, o benefício econômico”, explica a gastróloga da ONG Banco de Alimentos, Aline Rissatto.

“Achei o projeto maravilhoso! Abracei a causa na época e fiquei com outras ideias na cabeça. Resolvi entrar em contato e ajudar na divulgação desse grande projeto”, explica o Publisher e Diretor Executivo da revista Cozinha Profissional, Alan Banas. Foi dessa maneira que, no  último dia 25 de julho, a publicação passou a ajudar a ONG oficialmente.

Tanto a Cozinha Profissional quanto a ONG Banco de Alimentos falam com o mesmo público. Seus trabalhos são ligados diretamente pelo mesmo assunto: alimentação! A ideia de utilizar as partes não convencionais dos alimentos, que muitas vezes vão parar no lixo, para lucrar no cardápio é algo que todo estabelecimento pode fazer. Aline Rissatto ainda explica: “Não há dúvida que os consumidores estão cada dia mais informados, estimulados a consumirem produtos e frequentarem estabelecimentos que estejam alinhados com o conceito de sustentabilidade. Portanto, além de ser uma preocupação de extrema importância, é também uma necessidade para a ´sobrevivência´ do estabelecimento no ramo de food service”.

 

Campanha

Encabeçada pelo conceituado chef Alex Atala, a campanha “9, você pode” visa levantar recursos para a ONG. Dessa mesma forma, a revista assina embaixo e abraça a causa. A singela doação pode ser feita pelo site da instituição (www.bancodealimentos.org.br) ou através do portal da Cozinha Profissional (www.cozinhaprofissionalmenu.com.br). Na loja virtual da revista, existe um ícone da instituição para fazer a doação. “A campanha é de suma importância, pois além das doações de alimentos, a ONG Banco de Alimentos precisa de doações financeiras, que são aplicadas na operação logística da Colheita Urbana (despesas operacionais, como combustíveis, manutenção dos veículos, embalagens, entre outras, para que as doações sejam entregues às instituições atendidas)”, relata Ricardo Milito, responsável pela comunicação e marketing da ONG.

 Para Para tornar transparente a participaçõa da revista, uma ferramenta foi disponibilizada para que a ONG possa acompanhar os números de doações.

Assinatura

Não satisfeita somente em divulgar a campanha, a Cozinha Profissional resolveu abrir mão de parte de sua assinatura. “Para cada novo assinante, estamos repassando 9 reais para a ONG. Como todas as assinaturas são feitas on-line, a entidade tem acesso imediato à movimentação. Além de ter acesso ao melhor conteúdo editorial voltado exclusivamente para o setor de alimentação fora do lar, o leitor vai saber que está colaborando com uma boa causa”, explica Alan Banas.

Ao assinar a revista no portal da Cozinha Profissional, o leitor será informado de que parte daquele valor será destinada a ONG Banco de Alimentos. “Para a ONG Banco de Alimentos é uma imensa satisfação e privilégio poder ter a Cozinha Profissional como parceira. Ficamos sempre muito felizes quando outras pessoas tornam-se protagonistas por acreditarem na causa da organização. É importantíssimo que, junto da Cozinha Profissional, possamos expandir, para a sociedade como um todo, conhecimentos sobre o desperdício de alimentos, possibilitando uma mudança de cultura e trabalhando para um mundo sustentável”, finaliza Luciana Chinaglia, presidente da ONG.

Livro “Gourmet & Sustentável”

Outra ação da Cozinha Profissional em parceria com a ONG é a venda do livro “Gourmet & Sustentável: Cozinhando com as partes não convencionais dos alimentos” pela loja virtual da revista – www.cozinhaprofissionalmenu.com.br. O livro traz receitas criativas para aproveitar as partes não convencionais dos alimentos. Nessa ação, a entidade vai ficar com 100% do valor de venda de cada exemplar, que custa R$ 54,90.

O livro é um ótimo guia para chefs e proprietários de estabelecimentos que queiram abraçar a causa, além de aumentar os lucros. Entre os destaques estão as receitas do canapé de banana-da-terra, preparado com a casca da fruta, o Wrap tropical feito com casca de melão e as polentinhas na chapa com ragu de galinha caipira e talos de rúcula.

No capítulo dedicado às sobremesas, a raspadinha de framboesa e capim-cidreira com cocada de entrecasca de melão e o bolinho de bagaço de milho com sorvete de café com leite são algumas sugestões interessantes.


Fonte: Redação - 03/08/2011
Editora Nova Gestão Ltda. | Tels.: (11) 3562-3166 | (11) 3562-3170


Site desenvolvido por Lucia Cavalcanti