Cadastro Newsletter
Busca
PUBLICIDADE
Prêmio CP - 29/09/2016
Divulgação / Sirha Rio
07/10/2016 - 15h25
Saiba como foi o Sirha Rio 2016
Segunda edição do evento aconteceu esta semana no Rio de Janeiro. Edição francesa ganha novidades



O Sirha Rio – evento voltado para os mercados de food service, gastronomia e hotelaria – encerrou a sua segunda edição ontem, 6 de outubro. A feira aconteceu no Rio Centro, centro de convenções na cidade do Rio de Janeiro. Confira alguns destaques que ocorreram durante os últimos três dias.

Primeiro dia foi marcado por talentos da confeitaria

A abertura oficial do Sirha Rio 2016 contou com a participação de Claude Troisgros, presidente do Sirha Rio, Marie-Odile Fondeur, diretora geral do evento, Laurent Suaudeau, presidente do Bocuse dOr Brasil, entre outras personalidades da cadeia turística. “Nos 35 anos que estou no Brasil, meu objetivo sempre foi disseminar a cultura, os ingredientes e o talento dos jovens do País. E temos tudo isso reunido aqui no Sirha”, afirmou o chef Claude Troisgros.

O primeiro dia começou com a disputa da etapa regional da Coupe du Monde de la Pâtisserie, a copa do mundo da confeitaria. Os chef confeiteiros Phillipe Brye, Flávia Quaresma e Ramiro Bertassin, do comitê do concurso, ficaram felizes com o desempenho de todos os candidatos. “É uma satisfação muito grande ver a evolução do Brasil nesta categoria”, disse Flavia.

Quatro competidores passaram para a fase final, que acontece no ano que vem: Letícia Cruz (Rio de Janeiro, RJ) e Victor Santificetur (São Paulo, SP) na categoria Chocolate; Marcone Calazans e Sônia Takata (São Paulo, SP) na categoria Açúcar.

Palestra sobre inovações

O público que esteve no Sirha Rio neste ano teve acesso em primeira mão a uma pesquisa com as principais tendências do mundo da gastronomia para os próximos anos. O levantamento foi feito pela instituição francesa Food Service Vision. Inicialmente previsto para ser divulgado durante o Sirha Lyon em 2017, o conteúdo exclusivo foi revelado com apresentação do consultor francês Emmanuel Argoud, um dos responsáveis pelo estudo, e mediação do chef Guga Rocha.

Na pesquisa, os territórios de inovação são divididos em três grandes temas: o prazer, a praticidade e o bem-estar. “São tendências gerais para o mercado mundial, e cada País vai traduzir as suas próprias necessidades”, afirmou Argoud. 

Novidade do evento na França

A francesa Marie-Odile Fondeur, diretora mundial do Sirha, aproveitou a edição brasileira para anunciar as novidades do Sirha Lyon 2017, que acontece de 21 a 25 de janeiro, na França. O evento contou com alguns dos participantes brasileiros na edição francesa, entre eles a alagoana Giovanna Grossi, que concorrerá ao lado de outros 23 chefs do mundo inteiro ao Bocuse dOr. Será a primeira vez que Lyon recebe uma mulher brasileira entre os finalistas.

Outra novidade foi o time nacional que participará da Catering Cup. Luiz Guilherme Cyrino, chef de banquete do Belmond Copacabana Palace, e Paulo Araujo, chef do Grupo Nori, seguem para o evento francês sob o comando do coach David Mansaud, atual chef-executivo do Belmond Copacabana Palace.

A final da Coupe du Monde de la Pâtisserie também contará com a participação de dois brasileiros: a dupla Marcone Calazans, chef pâtissier do Clube Athletico Paulistano, e Abner Ivan, diretor-executivo do Clube dos Padeiros e Confeiteiros do Brasil. 


Fonte: Assessoria de Imprensa / Sirha Rio
Editora Nova Gestão Ltda. | Tels.: (11) 3562-3166 | (11) 3562-3170


Site desenvolvido por Lucia Cavalcanti