Cadastro Newsletter
Busca
PUBLICIDADE
Prêmio CP - 29/09/2016
Fotolia / Nitr
15/07/2014 - 13h44
Agora, café da manhã!
Oferecer o serviço pode atrair clientes e trazer lucro ao seu estabelecimento



Muitos são os motivos que contribuem para o crescimento do mercado de café da manhã em estabelecimentos de alimentação fora do lar, dentre eles, podemos destacar a correria do dia a dia, o trânsito, encontros familiares, entre outros. Com a falta de tempo para preparar a refeição matinal, as pessoas têm buscado esse tipo de serviço em lanchonetes, padarias, restaurantes e até mesmo em hotéis, e demonstram não se importar em pagar por isso.

Esse mercado cresceu significativamente e tem se aprimorado bastante nos últimos anos. Apesar de sua progressão continua, ainda tem um quê de novidade no Brasil. Uma das vantagens desse tipo de serviço é que ele pode servir como uma ponte para que o cliente conheça a casa e passe a frequentá-la. Uma boa dica para trabalhar melhor o serviço é fazer parcerias com outras empresas, que ofereçam ao publico um café da manhã como cortesia, por exemplo.

Lucro e gastos

Como lucrar com mais essa oportunidade de negócio? Para isso, é preciso fazer um bom planejamento estratégico e organizar o cardápio com produtos de estação e com aqueles que possam ser utilizados em outras preparações do restaurante. O objetivo é que se tenha um retorno indireto, pois o foco é que o cliente conheça a casa e retorne tanto pelo bom atendimento, quanto pela boa comida.

A maior parte dos investimentos será destinada a insumos, energia e manutenção de equipamentos. Grande parte dos produtos de café da manhã não é cara e o importante é ter um controle rigoroso do custo diário, atualizar a ficha técnica, acompanhar a evolução dos preços dos produtos e substituí-los sempre que necessário.

Mão de obra

Em primeiro lugar, deve-se respeitar o previsto na legislação trabalhista e na convenção coletiva da categoria. A divisão de turnos pode ser feita de diversas formas, dependendo do horário de funcionamento da casa. Quem trabalha no café da manhã, também trabalha no almoço.

Serviço

Os restaurantes podem optar por oferecer o serviço somente aos finais de semana, ou nos mesmos dias em que a casa abre para outras refeições. Essa decisão vai depender da localização do estabelecimento e do público-alvo. Quanto ao tipo de serviço, bufê ou à la carte, também dependerá da localização e do perfil do público. É possível oferecer as duas opções, pois ambos funcionam muito bem.

Cardápio

Para agradar a clientela e fazer com que seja mais vantajoso tomar café da manhã em estabelecimentos de alimentação fora do lar do que em casa, servir uma farta e diversificada mesa de café é uma boa opção. Algumas delas são: sucos, água, cafés, pães, frios, frutas, ovos mexidos, iogurtes, bolos, achocolatados, chás, cereais, manteiga, geléias, requeijão, entre outros produtos.

Antes de iniciar seu serviço de café da manhã, pesquise sua região, o mercado potencial e quais os dias da semana em que suas possibilidades de faturamento são mais propícias. Faça, também, um pequeno plano de negócio, comparando os números relativos às despesas extras em que irá incorrer em termos de matéria-prima, mão de obra, energia, desgaste de equipamentos, etc.


Fonte: Redação - 15/07/2014
Editora Nova Gestão Ltda. | Tels.: (11) 3562-3166 | (11) 3562-3170


Site desenvolvido por Lucia Cavalcanti