Cadastro Newsletter
Busca
PUBLICIDADE
Prêmio CP - 29/09/2016
18/03/2014 - 14h45
Negócios em família
5 dicas para passar o bastão a seu sucessor


Ter o seu próprio estabelecimento no setor de food service é, de fato, interesse de muitas pessoas. E isso não se deve só ao lucro que podem obter com o serviço, mas também ao pensarem no futuro, e lembrar que filhos e/ou parentes podem continuar esse trabalho. A passagem do bastão a um sucessor da família acontece de forma natural, quase sem perceber.

Mas, para que tudo continue caminhando tão bem, em termos de administração, é necessário que a pessoa fundadora do estabelecimento se mantenha presente em certos momentos, acompanhando tudo. Caso o sucessor já esteja inteirado do meio no qual atuará tudo se tornará mais fácil.

Reconhecimento

A pessoa que dará continuidade ao cargo precisa estar ciente de que o sucesso obtido até o exato momento é fruto do trabalho de seu antecessor. Dessa maneira, é importante que o sucessor aprenda com o antigo gestor, para, futuramente, também ter êxito no seu negócio.

O momento da troca

A sucessão, por mais que aconteça de forma natural, não deve ser efetuada sem a vontade real do sucessor de dar continuidade ao negócio. Por isso é primordial que a passagem do bastão ocorra ainda com a interferência do sucedido, para que ele avalie todo o processo.

Analisar e mudar

Cabe ao novo gestor estudar se realmente há a necessidade de mudar o perfil do estabelecimento. Muitos restaurantes, em que o cargo maior é passado para outra pessoa da família, têm anos de história e uma tradição antiga. Mas é claro que o empreendimento precisa evoluir de acordo com o momento vivido, assim como precisa melhorar frente aos dados e fatos obtidos através do seu desempenho no mercado.

O peso da administração

Comandar um estabelecimento de sucesso gera uma insegurança grande por parte do sucessor. Portanto, em muitos casos é essencial que o novo gestor busque cursos para aprimorar o que ele já sabe e também aprender conceitos novos da área. Com atenção, aprendizado e otimismo, a troca de gestão vai sendo consolidada e aceita por funcionários e clientes.

Enfim, o sucesso

A paixão pelo que se faz é fator fundamental para obter o sucesso tão desejado pelos novos gestores. A passagem de bastão faz parte de um processo entre o antecessor e o sucessor, sendo assim, tudo que for planejado e feito envolve ambas as partes. Realizar um trabalho de qualidade é a chave de uma boa sucessão.

Fonte: Redação - 18/03/2014

Editora Nova Gestão Ltda. | Tels.: (11) 3562-3166 | (11) 3562-3170


Site desenvolvido por Lucia Cavalcanti