Cadastro Newsletter
Busca
PUBLICIDADE
Prêmio CP - 29/09/2016
18/02/2014 - 14h36
Os lucros da alimentação saudável
Uma alimentação saudável é, em termos gerais, saborosa, variada, colorida, acessível do ponto de vista físico e financeiro, equilibrada na qualidade e segura sanitariamente.


O brasileiro está comendo cada vez mais fora de casa, e, ao contrário do que se imagina, está buscando refeições saudáveis e de qualidade. Para os restaurantes, essa é uma excelente notícia em termos de negócio, pois a comida saudável é um segmento promissor para quem está apostando no desenvolvimento de um mercado mais maduro. Apesar de nem tanto explorada, são inúmeras as vantagens para quem investe nesse tipo de alimentação. O restaurante que tem essa preocupação possui um melhor retorno de imagem e, principalmente, financeiro.

Alguns estabelecimentos já estão preocupados com essa proposta e passaram a reformular o cardápio da casa, com pratos feitos a partir de produtos orgânicos, entre eles vegetais, frutas, carnes e alguns tipos de grão. Também já estão produzindo refeições ao gosto do brasileiro, com menos quantidade de sal, açúcar, sódio e gordura na comida.

Os pratos vegetarianos são opções garantidas no cardápio de muitos restaurantes. Mas, é valido lembrar que comida saudável e vegetariana não é a mesma coisa. Essa confusão é comum entre as pessoas e de certa forma atrapalha a compreensão sobre a proposta de trabalho do restaurante. É importante que o estabelecimento defina bem esses dois setores envolvidos.

 Até as redes de fast food se adaptaram ao movimento. Muitas delas oferecem batatas sem gordura trans, incluem frutas e saladas nas opções de pedido, oferecem alimentos com poucas calorias e refrigerantes dietéticos. Mas, além das calorias, os clientes se preocupam com o sabor e com o visual da comida. Para garantir sucesso em seu restaurante, é muito importante que a cor e o sabor dos ingredientes sejam potencializados.

Uma das barreiras que impedem o crescimento desse mercado diz respeito aos custos. Os restaurantes que tem como foco a culinária saudável gastam mais com matéria-prima e a mão de obra precisa ser bem treinada para proporcionar o desenvolvimento sustentável. O segredo está em ter um bom relacionamento com os fornecedores desses produtos, podendo manter o preço dos pratos acessível ao consumidor, ao mesmo tempo em que oferece uma comida saudável e de qualidade. Investir em uma cozinha balanceada pode representar um novo caminho para o crescimento dos restaurantes no Brasil.

Fonte: Redação - 18/02/2014

Editora Nova Gestão Ltda. | Tels.: (11) 3562-3166 | (11) 3562-3170


Site desenvolvido por Lucia Cavalcanti