Cadastro Newsletter
Busca
PUBLICIDADE
Prêmio CP - 29/09/2016
03/12/2013 - 10h05
Funcionários de fast food planejam nova greve em 100 cidades dos EUA
Os trabalhadores das redes de fast food de cerca de cem cidades americanas vão promover uma greve geral nesta quinta-feira (5)


O ato marcaria o maior protesto, até aqui, na campanha mobilizada por sindicatos para aumentar os salários do setor --movimento que se mobiliza há cerca de um ano. No último dia 29 de agosto, os grupos que defendem esses trabalhadores organizaram uma greve em mais de 50 cidades.

Hoje, esses funcionários recebem o pagamento mínimo federal, de US$ 7,25 por hora. A demanda é que o valor passe para US$ 15 --embora, segundo agências de notícias, muitos dos organizadores vejam esse número mais como bandeira do que uma possibilidade real a curto prazo.

No mês passado, o presidente Barack Obama --que já fez uma proposta de aumento, para US$ 9-- disse que apoiaria uma proposta do Senado para aumentar o valor mínimo para US$ 10,10.

A Associação Nacional de Restaurantes minimiza a mobilização. A entidade definiu os movimentos de greve como ´´uma campanha arquitetada pelos sindicatos nacionais´´ e disse que a vasta maioria dos participantes era de sindicalistas, não de trabalhadores.

Segundo a associação, um aumento no valor mínimo como o proposto pelos trabalhadores forçaria demissões e cortes no número de funcionários.

Fonte: Folha de São Paulo - 02/12/2013

Editora Nova Gestão Ltda. | Tels.: (11) 3562-3166 | (11) 3562-3170


Site desenvolvido por Lucia Cavalcanti