Cadastro Newsletter
Busca
PUBLICIDADE
Prêmio CP - 29/09/2016
10/10/2013 - 11h15
Barista ganha campeonato brasileiro com café fermentado com levedura de cerveja
Conheça o barista brasileiro ´´Léo´´ Moço de 34 anos que tem mais chances de levar o título do campeonato mundial


O 13° Campeonato Brasileiro de Barista foi o oitavo campeonato nacional que o barista Léo Moço participou. Enfrentou 13 concorrentes, venceu e garantiu uma vaga no mundial, que acontece entre os dias 9 e 12 de junho de 2014, na cidade de Rimini, na Itália. Durante oito anos, o barista Leonardo Moço estudou, fez pesquisas, provou cafés, visitou fazendas, fez cursos e participou de feiras até criar um café totalmente diferente daquele que o brasileiro está acostumado tomar. Carioca, formado em Análise de Sistemas e Nutrição, atualmente com 34 anos, usou todo o seu conhecimento em microbiologia para fermentar o café com levedura de cerveja, um processo desconhecido por aqui.

Por cinco anos, Léo trabalhou com produtores para colocar em prática essa fermentação e mostrar que o nosso café pode ser diferente e mais saboroso. ´´Os produtores no Brasil tem uma cultura mais antiga em relação ao café, por isso fiz questão de procurar grãos de diferentes estados, estudei muitas técnicas diferentes de gosto e sabor para chegar até aqui´´, diz ele.

13° Campeonato Brasileiro de Barista

Para vencer o campeonato, Léo Moço usou um café varietal 100% arábica, com aromas complexos, que lembram flores e frutas, grãos mais maduros e de secagem mais lenta. Durante uma semana, ele ficou imerso na Fazenda Jatobá, em Patrocínio, no cerrado de Minas, para cuidar de perto do preparo do café que usaria neste campeonato. Colheu frutos do Topázio Amarelo, variedade rara no Brasil, para fermentar em um tanque com a levedura específica de um estilo de cerveja (a American Ale). Este processo conferiu ao grão características mais florais, frutadas e acidez acentuada, algo que nunca foi feito no nosso país. Durante a prova, Léo fez 12 bebidas, sendo quatro expressos, quatro cappuccinos e quatro drinques de assinatura, sem álcool - tudo em apenas 15 minutos!

Campeonato Mundial – World Barista Championship

Para o campeonato mundial, o barista está preparando uma apresentação que mostrará a qualidade dos grãos do nosso país, que é o maior produtor do mundo. A ideia é mudar o conceito que as pessoas têm do que é o café brasileiro. ´´No exterior, as pessoas conhecem o que a gente faz de tradicional, pois muitos produtores não possuem o hábito de fazer algo diferente daquilo que já é produzido. Não é porque somos grandes produtores, que não temos cafés diferenciados. Por isso, vou levar um café com a cara do Brasil, com origens de diferentes estados e regiões do país para que todos conheçam esses sabores. Como profissional, vou usar toda essa minha influência na produção para mostrar o meu país para o mundo´´, diz Léo.

Serão apenas 250g a serem usadas no mundial: ´´Esse é um dos grandes desafios: levar, servir e utilizar apenas essa quantidade´´, completa ele. O café do campeonato será colhido por ele e por uma equipe -fruta a fruta - com uma nova técnica que não fere o alimento. Tudo para conseguir uma fermentação ideal e completa, que nunca foi realizada.

O campeonato World Barista Championship, teve sua primeira edição em 2000 e até hoje nenhum brasileiro conseguiu o pódio tão sonhado. Em 2007, a barista Silvia Magalhães foi quem chegou mais perto, ficando em 6° lugar. ´´Estou me preparando para esse momento desde que descobri a minha paixão por café. Tenho certeza que trarei para o Brasil esse título tão importante e nunca conquistado. Vamos mostrar ao mundo que temos uma excelência no estudo do café - da lavoura ate a xícara. Quero mostrar que posso chegar ao sabor que eu imaginar´´, finaliza Léo Moço.

Fonte:

Editora Nova Gestão Ltda. | Tels.: (11) 3562-3166 | (11) 3562-3170


Site desenvolvido por Lucia Cavalcanti