Cadastro Newsletter
Busca
PUBLICIDADE
Prêmio CP - 29/09/2016
Fotolia / Kurhan
18/09/2013 - 09h12
O ´´charme ´´ de ter um restaurante
Muitas pessoas acreditam, erroneamente, que possuir um restaurante é uma forma rápida de ficar rico e famoso.



´´Eu tenho um restaurante.´´ Nada vai trazer olhares de inveja e admiração mais rápido do que essas quatro palavras. As pessoas assumem que possuir um restaurante é divertido e emocionante, uma ótima maneira de ganhar dinheiro e, talvez, até tornar-se famoso. Bem, eu posso adiantar que possuir um restaurante representa uma montanha de trabalho duro, mais do que em qualquer outra atividade. Sei disso pelos inúmeros amigos que tenho nesta área.
Embora existam benefícios em ser seu próprio patrão, existem inúmeras desvantagens também. Vamos dissecar o ´´corpo´´ e desmontar alguns desses mitos que continuam surgindo.

  • É pura diversão – Mesmo que a diversão seja o que você faz dela, seria um pouco de exagero supor que o negócio de restaurante é diversão. Posso garantir que é muito mais trabalho e stress. Possuir um restaurante significa que você vai estar ali a maior parte do tempo, especialmente no começo. Você gosta de fins de semana, feriados e aniversários de seus filhos? Bem, lamento, porque as chances são enormes de que você sempre irá trabalhar nesses dias. Tenho um amigo que nunca, mas nunca mesmo, saiu com a esposa para comemorar o Dia dos Namorados ou o Ano Novo, pois esses são seus dias de trabalho mais intenso.

  • Eu vou ficar rico - Não. Pode parar. Não vá adiante. Nada de passar no caixa retirar R$ 2 mil. Na verdade, é melhor poupar esses R$ 2 mil e guardar para folha de pagamento, impostos, seguros, aluguel, fornecedores, serviços, reparos, novos equipamentos, etc.. A ideia de que os restaurantes ganham ´´rios de dinheiro´´ é falsa. A receita é totalmente reinvestida ou utilizada para pagar as despesas correntes. O proprietário pode ter uma vida decente (leia-se: isto não é ser rico), mas apenas se tem a intenção de realmente trabalhar no restaurante. Muitas pessoas pensam que vão abrir um restaurante e fazer sua retirada, sem realmente cozinhar, gerenciar ou servir mesas. Isso pode funcionar no início, mas não é possível suportar um peso morto por muito tempo. Se você não planeja trabalhar, não pretenda ser pago.

  • Eu amo cozinhar, então eu deveria abrir meu próprio restaurante - Talvez. A maneira mais rápida de arruinar o passatempo favorito é fazer disso sua fonte de renda. Claro, fazer algo que você realmente ama também pode inspirá-lo a trabalhar mais. Tenha em mente, porém, que cozinhar para amigos e familiares não é o mesmo que cozinhar para estranhos, que estão desembolsando dinheiro ganho arduamente para pagar o alimento que você serve. Mesmo que amigos e familiares digam que você deve abrir um restaurante lembre-se, eles são seus amigos e familiares e não o mais imparcial dos juízes. Tente começar atendendo algumas pequenas encomendas ou realize alguns bufês (para os não amigos/familiares) antes de dar um salto maior e abrir seu próprio restaurante. Esta é uma maneira de ter uma pequena amostra do que o espera.

  • Vou ter um lugar para encontrar os meus amigos - Francamente, para mim este é o mais irritante de todos os mitos. Se você quiser receber seus amigos, construa um bar na sua casa ou faça um salão de festas. Não tem sentido investir alguns milhares de reais em um negócio que você não tem nenhuma intenção de administrar. E você não irá supervisionar coisa nenhuma, se está se reunindo com os amigos, bebendo e assistindo futebol. Ninguém vai se preocupar com o seu restaurante, tanto quanto você deveria fazê-lo. E se você não se importa, então por que o seu pessoal iria se preocupar?

  • Eu vou ser famoso - Eu admito. Conheço uma série de proprietários de restaurante que gostariam de ter seus próprios programas de TV. Circular entre ricos e famosos, ter sócios como o Eike Batista (opa, esse agora não), andar de Ferrari, ter casa em Trancoso e outra em Campos do Jordão e ir à Europa três vezes por ano. Isto não passa de fantasia, não é a realidade. 99,99% dos proprietários de restaurante não estão no negócio para serem famosos. Eles estão ali para ganhar a vida. Chefs-celebridade como Jamie Oliver, Alain Ducasse, Claude Troisgros, Alex Atala e Gordon Ramsay estão em toda parte todos os dias. Eles têm programas de TV, linhas de panelas, comerciais, linhas de alimentos, bem como restaurantes estrelados. Mas não começaram famosos. Eles começaram com... muito trabalho duro! Sei que é divertido imaginar que você pode se tornar um grande show man/woman, assim como seu restaurante se tornar famoso, mas as chances são de que você vai ter que se contentar em ser mais um sobrevivente neste universo de 250.000 restaurantes existentes no Brasil. E olhe que isso já é bom. Muito bom!

Fonte: Blog do Banas (www.unimarket.com.br)
Editora Nova Gestão Ltda. | Tels.: (11) 3562-3166 | (11) 3562-3170


Site desenvolvido por Lucia Cavalcanti