Cadastro Newsletter
Busca
PUBLICIDADE
Prêmio CP - 29/09/2016
fotolia/amenic181
24/05/2013 - 11h26
Café gourmet cresce 4 vezes mais do que o tradicional
Diretor da ABIC diz que empreendedores estão tendo cada vez mais sucesso com o produto



O consumo de cafés especiais, também conhecidos como gourmet, cresce cerca de 15% ao ano, contra 3% dos cafés tradicionais no Brasil, segundo estimativas da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA, sigla em inglês).

No Dia Nacional do Café, comemorado na sexta-feira (24), Nathan Herszkowicz, diretor-executivo da ABIC (Associação Brasileira da Indústria de Café) diz que cada vez mais empreendedores estão apostando em cafés gourmet e tendo sucesso no mercado.

Ele afirma que os cafés especiais correspondem, atualmente, a 4% do volume e a 9% do valor em vendas do setor. A expectativa é que, nos próximos dez anos, eles representem de 10% a 12% do volume produzido.

O consumo interno de café é de aproximadamente 20 milhões de sacas, de acordo com a ABIC. Deste total, um milhão de sacas são de cafés especiais.

"O café ganhou status no país. Os brasileiros estão mais educados para o consumo, assim como os conhecedores de vinho, que sabem a origem e as características das bebidas", diz Herszkowicz.

Arthur Moscofian, proprietário do Café Gourmet Santa Monica, empresa produtora de café especial que está no mercado há 35 anos, diz que o crescimento da procura por esse tipo de grãos começou a aumentar há, aproximadamente, dez anos.

"Os brasileiros estão viajando mais para o exterior, tendo contato com produtos de maior qualidade e apurando seu paladar. Quando voltam, passam a exigir que o restaurante e a cafeteria que frequentam ofereçam produtos melhores", declara.


Fonte: UOL Economia - 24/05/2013
Editora Nova Gestão Ltda. | Tels.: (11) 3562-3166 | (11) 3562-3170


Site desenvolvido por Lucia Cavalcanti