Cadastro Newsletter
Busca
PUBLICIDADE
Prêmio CP - 29/09/2016
10/10/2012 - 10h08
Chefs brasileiros recebem apoio da Embratur para ir a congres
Foram gastos cerca de R$ 250 mil para levar Rodrigo Oliveira, Alberto Landgraf e Monica Rangel para Espanha.


Um ano depois de irem a um dos maiores fóruns gastronômicos da Espanha com dinheiro do bolso para apresentar pratos brasileiros, os chefs daqui voltaram ao evento, desta vez bancados pelo governo federal.

Depois de ouvir queixas de chefs, a Embratur promoveu a ida dos brasileiros ao Gastronomika, em San Sebastián. A exceção foi Alex Atala, convidado pela organização.

A Embratur gastou cerca de R$ 250 mil para levar Rodrigo Oliveira, Alberto Landgraf (ambos de São Paulo) e Monica Rangel (do Rio de Janeiro) a San Sebastián. A entida também montou um estande com degustação de pratos como bobó de camarão.

"Decidimos apoiar o Brasil aqui porque é um espaço para mostrar a gastronomia de alto nível do país", disse à Folha o representante da Embratur André Vilaron.

Anteontem, na estreia, o chef Alex Atala falou a respeito da geração de cozinheiros que está redescobrindo ingredientes regionais. Ele surpreendeu a plateia ao oferecer uma degustação de formiga crua sobre um quadrado de abacaxi. Foi aplaudido de pé.

Homenageado por chefs espanhóis renomados, o brasileiro disse: "Não sou protagonista, o Brasil está ´grávido´ de uma geração incrível".

Quique da Costa, que neste ano entrou na lista dos 50 melhores da revista "Restaurant", na qual Alata está em quarto lugar, elogiou o brasileiro: "Conhecemos a comida do Brasil por causa ele".

Fonte: Folha de São Paulo - 10/10/2012

Editora Nova Gestão Ltda. | Tels.: (11) 3562-3166 | (11) 3562-3170


Site desenvolvido por Lucia Cavalcanti